Durante a nossa escapadinha à Ilha de S. Miguel, nos Açores, fizemos três roteiros, partindo de Ponta Delgada. O Roteiro das Sete Cidades e Lagoa do Fogo foi o primeiro, na parte Oeste e central da ilha, uma zona recheada de lagoas e paisagens naturais muito bonitas. Aqui ficam as nossas sugestões de pontos onde vale a pena parar.

Dica: O percurso pode ser dividido em duas partes, já que as Sete Cidades e a Lagoa do Fogo são em zonas diferentes da ilha. Ir de carro é essencial para fazer este Roteiro completo no mesmo dia.

1 – Aqueduto do Carvão

Optimized-IMG_20151204_131031546_HDR

Partimos de Ponta Delgada em direção ao vulcão das Sete Cidades. O primeiro ponto de paragem foi o Aqueduto do Carvão. Esta construção de pedra, que se vê da estrada, é muito curiosa: está completamente coberta por uma grande variedade musgos. Vão desde o verde até ao laranja. Uma verdadeira obra de arte da natureza!

Optimized-IMG_20151204_131437382

2 – Lagoa das Empadadas

Optimized-IMG_20151204_124228315_HDR

Mesmo junto ao aqueduto há um estreito caminho de terra que dá acesso à Lagoa das Empadadas, a primeira cratera vulcânica que vimos. Rodeada de floresta, o verde era a cor predominante a toda a volta, transmitindo uma sensação de serenidade.

Optimized-IMG_20151204_124313420_HDR

3 –  Lagoa do Canário

A caminho da Lagoa do Canário entrámos no Parque Florestal da Mata do Canário. Deixámos o carro junto da placa que indica os horários de acesso e fomos à descoberta.

Depois de caminhar alguns minutos por um carreiro que vai subindo pelo meio da floresta encontrámos um pilar que apelava à “Paz no Mundo” em várias línguas. Mais à frente encontrámos o miradouro da Grota/Boca do Inferno, de onde se vê a Lagoa do Canário, a Lagoa de Santiago e até a Lagoa das Sete Cidades.  Simplesmente fantástico!

Optimized-IMG_20151204_133635372

4 – Lagoa das Sete Cidades

Rumámos à Lagoa das Sete Cidades, uma das 7 Maravilhas da Natureza de Portugal. Geralmente fala-se em Lagoa Verde e Lagoa Azul, mas a verdade é que é uma única lagoa, com uma ponte baixinha que passa entre as duas partes. Diz-se que a Lagoa Verde reflete esta cor por ter mais vegetação à volta.

O nosso primeiro ponto de paragem foi a Vista do Rei, de onde se tem uma das melhores vistas sobre a Lagoa das Sete Cidades. Este miradouro foi assim chamado por ali terem estado o rei D. Carlos e a rainha D. Amélia, para apreciar a belíssima paisagem.

Optimized-1

Mesmo junto ao miradouro, parecendo quase tirado de um filme de terror, encontra-se o hotel Monte Palace, agora abandonado. Parece um Titanic em terra, até dá arrepios…

Optimized-IMG_20151204_150513932_HDR

Claro que entrámos para espreitar! Quando este hotel abriu, nos anos 1980, devia ser algo de espetacular. Mas foi um empreendimento demasiado ambicioso para aquele local. Passado um ano e meio fechou e mais recentemente foi pilhado e vandalizado. É verdadeiramente triste.

Optimized-IMG_20151204_151149

Também vale a pena ver uma outra perspetiva da Lagoa das Sete Cidades, a partir do Miradouro do Cerrado das Freiras.

Optimized-IMG_20151204_145009123

5 – Lagoa de Santiago

Logo a seguir espreitámos a Lagoa de Santiago, a segunda maior cratera do vulcão das Sete Cidades. E daqui seguimos para a Vila das Sete Cidades.

Optimized-IMG_20151204_144537136

6 – Vila das Sete Cidades

Num salto a esta pequena vila, de cerca de 700 habitantes e que tem como vizinha a Lagoa das Sete Cidades, visitámos a Igreja de São Nicolau, construída em 1857.

Optimized-2
7 – Miradouro da Ponta do Escalvado

A partir daqui entrámos na segunda parte da nossa viagem, percorrendo a costa Sul e passando por Ponta Delgada, para depois subirmos a encosta que nos levou à Lagoa do Fogo. Mas antes ainda tivemos tempo para uma paragem no Miradouro da Ponta do Escalvado, para nós uma das vistas mais bonitas da viagem. Daqui pudemos ver a freguesia dos Mosteiros e alguns ilhéus, testemunhos do que outrora foi a cratera de um vulcão submarino.

Optimized-IMG_20151204_155431168

8 – Lagoa do Fogo | Miradouro da Barrosa

Na zona central da ilha fomos encontrar aquela que eu considero a lagoa mais bonita de S. Miguel: a Lagoa do Fogo. A superfície calma da água é de um azul profundo que nos hipnotiza e aquece a alma. Esta é a lagoa mais alta da Ilha de S. Miguel e pode ver-se de vários pontos.  Uma das melhores vistas é a partir do Miradouro da Barrosa.

Optimized-1

9 – Cascata do Salto do Cabrito

Quase a terminar o nosso primeiro dia de passeio, seguimos pela estrada da Lagoa do Fogo até chegar à Cascata do Salto do Cabrito, localizada numa zona muito calma, perto da cidade da Ribeira Grande. Com uma queda de água com cerca de 40 metros de altura, dizem que é um bom sítio para dar um mergulho em dias de calor (quando nós lá fomos tinha pouca água…e não estava calor!).

Junto à Cascata ficámos a saber, através de informação aí afixada, que aqui foi construída a segunda central hidroelétrica de S. Miguel, em 1902, inaugurando-se no mesmo ano a iluminação pública da então Vila da Ribeira Grande. Esta “Fábrica de Luz” funcionou até 1972.

IMG_20151204_172724890

10 – Fábrica de Licores “Mulher de Capote”

Para terminar em beleza fomos adoçar a boca à fábrica de licores “Mulher de Capote”. Embora a fábrica já estivesse quase a fechar, ainda nos fizeram uma visita guiada e deram-nos a provar vários licores. O licor de amora e de maracujá foram os nossos preferidos. Claro que não resistimos a trazer algumas garrafas… pequeninas!

Optimized-IMG_20151204_174512

Se ainda tiverem energia podem aproveitar para passear pelo centro da cidade da Ribeira Grande ou ir comer um bife ao Restaurante da Associação Agrícola de São Miguel. Nós já estávamos exaustos e regressámos a Ponta Delgada, mas iguarias é o que não falta em S. Miguel.

Só com este dia sentimos que já tínhamos conhecido imensas coisas desta maravilhosa ilha. E ainda só estávamos a começar. Para quem quiser fazer este roteiro, deixamos um mapa com a ordem pela qual podem visitar todos estes locais.

Resta-nos desejar a todos os visitantes de S. Miguel um ótimo passeio! Dentro de algum tempo prometemos publicar mais dois roteiros para visitar outras partes da Ilha. Não se esqueçam também de espreitar o que de melhor há para provar por lá.

Ao adquirir serviços através das ligações abaixo, não terá qualquer custo adicional e estará a ajudar o explorandar a crescer: Alojamento Booking | Alojamento Airbnb | Seguro de Viagem World Nomads. O nosso muito obrigado!