O nosso terceiro roteiro em S. Miguel, nos Açores, é dedicado ao Nordeste da ilha. Esta é uma região da ilha que nos pareceu bem diferente do resto – para além de campos verdes e vaquinhas, também está recheado de árvores. Tivemos o azar de apanhar muita chuva no dia em que visitámos esta zona, mas ainda conseguimos ir a muitos sítios interessantes que vale a pena visitar.

Começámos por visitar o Miradouro de Santa Iria, cuja bonita vista podem ver na foto que ilustra o nosso post.

Logo de seguida rumámos à Fábrica de Chá Gorreana, centenária e atualmente uma das duas únicas fábricas de chá da Europa! À volta do edifício estendem-se campos de chá muito elegantes, “sebes” cuidadosamente cortadas de onde são tiradas as folhas de chá. Dentro da fábrica podem ver-se muitas máquinas usadas para produzir chá e alguns objetos e fotografias antigas, tipo pequeno museu.  Também se pode provar gratuitamente chá preto e verde da Gorreana e comprar algumas variedades para levar para casa.

Depois de reconfortados com este belo chazinho, embrenhámo-nos mais para nordeste da ilha e visitámos o Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões. Parámos num sítio onde cai uma cascata bem alta e onde há um parque verdejante, com um ribeiro que passa pelo meio e vários moinhos antigos por ali abaixo.

Seguimos para a pequena e simpática vila do Nordeste. Uma vila que, durante os meses mais quentes do ano, fica toda florida e colorida.

Continuando o nosso passeio, parámos em vários miradouros, dos quais destacamos o Miradouro da Vista dos Barcos (na foto abaixo) e o Miradouro da Ponta do Sossego, todos eles com vistas fantásticas para o mar.

Fomos ainda conhecer o local onde chegaram os primeiros povoadores portugueses a S. Miguel, no século XV: a vila da Povoação. Demos uma voltinha e sentimos que era hora de acomodar o estômago. Fomos provar as fofas da Povoação, uma espécie de éclair muito famoso por estas bandas! Espreite este bolo e outras coisas boas nas nossas sugestões do que comer em S. Miguel.

Depois de passarmos o dia a passear, aproveitámos o final de tarde para ir relaxar nas águas termais da Poça da Dona Beija, na localidade das Furnas. É a vantagem de estarem abertas até às 23h. Pagámos 4€ para entrar e experimentámos as cinco piscinas de águas quentes. Há balneários com chuveiros e para trocar de roupa, o que dá muito jeito. Ficámos surpreendidos por estar tanta gente nas piscinas, considerando a época do ano – Dezembro – e a hora tardia!

Adorámos a experiência e recomendamos.

E aqui ficam estas sugestões para mais um dia bem passado em S. Miguel. Podem ver aqui o mapa do percurso que fizemos.

Espreitem também os outros dois roteiros que fizemos e aproveitem todas as coisas boas que esta ilha tem para oferecer!

Ao adquirir serviços através das ligações abaixo, não terá qualquer custo adicional e estará a ajudar o explorandar a crescer: Alojamento Booking | Alojamento Airbnb | Seguro de Viagem World Nomads. O nosso muito obrigado!