Arroz de Lingueirão

Arroz de lingueirão, ligueirão, longueirão, navalhas, canivetes, facas… São muitos os nomes por que é conhecido este curioso bivalve alongado, que faz as suas tocas na areia das praias, de forma engenhosa, esguichando água para afastar a areia do seu caminho.

Embora seja por vezes um ingrediente subvalorizado, a verdade é que o lingueirão possibilita várias formas de confeção: grelhado, ao natural, à bulhão pato, frito ou em feijoada. Uma das mais conhecidas é o Arroz de Lingueirão, prato emblemático da tradição culinária algarvia.

Felizmente hoje em dia é relativamente fácil encontrar lingueirão nas peixarias e nas grandes superfícies de norte a sul de Portugal. Por isso vamos pôr mãos à obra e fazer esta deliciosa receita.

Lingueirão fresco acabado de comprar
Lingueirão fresco, acabado de comprar

Comparando com o resto da Europa, os portugueses são ávidos consumidores de arroz e são muitas as receitas de arroz malandrinho que tiram partido de ingredientes da nossa costa, como este lingueirão.

O principal desafio é sem dúvida limpar o lingueirão, principalmente se vier mal depurado, mas nada que uma estadia em água com sal (pelo menos 6 horas) não ajude a resolver.

Normalmente o lingueirão maior (e também mais caro) é mais fibroso, pelo que havendo escolha o melhor é optar pelo mais pequeno. É também um ingrediente delicado e portanto não se deve abusar na cozedura.

Lingueirão, ligueirão, longueirão, navalhas, canivetes, facas - muitos nomes para um único ingrediente.
Lingueirão, ligueirão, longueirão, navalhas, canivetes, facas – vários nomes para um único ingrediente

Hoje em dia é comum vermos outros ingredientes, como tomate, pimento e coentros, serem introduzidos na receita de arroz de lingueirão. Deixamos obviamente ao gosto de cada um adicionar estes e outros ingredientes.

Arroz de Lingueirão

(para 4 pessoas)

Ingredientes:
  • 24-28 lingueirões
  • 25o g de arroz (carolino)
  • 1 dente de alho
  • 1 cebola pequena
  • 1 ramo de salsa
  • 1 pitada de gengibre ralado
  • azeite q.b.
  • sal
  • pimenta
Principais ingredientes do Arroz de Ligueirão
Principais ingredientes do Arroz de Ligueirão
Modo de preparação:

Colocam-se os lingueirões de molho em água e sal, para largarem a areia. Depois levam-se os lingueirões a abrir em água, colocada num tacho em lume forte.

O Lingueirão vai a abrir num pouco de água.
O lingueirão vai a abrir num pouco de água.

Retiram-se os lingueirões das conchas e cozem-se na mesma água durante alguns minutos. Côa-se a água com um pano e reserva-se.

Retiram-se as tripas e areia – uma espécie de “bolsa” escura – dos ligueirões e corta-se cada um ao meio. Lavam-se muito bem os lingueirões em várias águas para garantir que perdem toda a areia e sujidade.

Lingueirão depois de cozido e cortado
Lingueirão depois de cozido e cortado

Coloca-se um tacho ao lume com azeite e refoga-se a cebola e o alho picados. Junta-se o gengibre e depois a água de cozer os lingueirões. A água a usar deve ser três vezes o volume de arroz. Quando a água levantar fervura, coloca-se o arroz já lavado e escorrido.

Nota: Em algumas receitas substitui-se o gengibre pelo cravinho, sendo uma questão de gosto pessoal.

Depois de o arroz cozer alguns minutos, junta-se o lingueirão. O preparado deve coze em lume médio. Caso necessário pode adicionar-se mais água de cozer o lingueirão ou outra, caso aquela não seja suficiente.

O arroz deve ficar com um aspeto molhado e cremoso.

Arroz de lingueirão: uma especialidade do Algarve.
Arroz de lingueirão, uma especialidade do Algarve

E assim termina a preparação desta receita tradicional do Algarve de que tanto gostamos.

Desfrute deste prato com sabor a mar e diga-nos se gostou.

Espreite também outras receitas:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.