Rabanadas tradicionais portuguesas

Receita de Rabanadas, tradicionais e suculentas

Esta é a receita tradicional de Rabanadas da minha Mãe, e antes dela da minha Avó, uma sobremesa cujo cheiro e sabor é das coisas que mais associo ao Natal – talvez por só as comer nesta altura do ano! Juntamente com a Aletria são das nossas sobremesas favoritas.

Apesar de haver muitas outras formas de fazer Rabanadas, estas são as minhas favoritas, e por isso decidi que tinha de partilhar esta receita consigo. Na minha opinião, estas Rabanadas são suculentas na medida certa – sem precisarem de calda.

Pedi à minha Mãe a receita, mas as quantidades dos ingredientes que ela usa são a olho. Por isso as medidas que aqui deixo são aproximadas. É uma questão de experimentar e adaptar ao seu gosto! Mesmo que não fiquem à primeira com a consistência ou o sabor “perfeito”, ficarão de certeza uma delícia.

O que não pode falhar é o tipo de pão, que tem mesmo de ser cacete para rabanadas e já com alguns dias, de forma a ter tido tempo de secar um pouco. Aqui no Porto, o sítio onde a minha Mãe mais gosta de comprar é no Forno dos Clérigos, mas encontra-se cacete em muitas outras padarias.

Ingredientes (para 15-20 rabanadas):

  • 1 cacete de Rabanadas (se possível comprado com 3 dias de antecedência)
  • 1 l de leite (pelo menos)
  • casca de 1 limão inteiro
  • 1 pau de canela
  • 500 g de açúcar (pelo menos)
  • 6 ovos
  • Óleo q.b.
  • Azeite q.b.
  • Canela em pó q.b.

Modo de preparação:

Coloque o leite a aquecer num tacho com a casca de limão, o pau de canela partido aos bocados e o açúcar. Prove o leite, que tem de ficar bem doce. Se necessário, acrescente mais açúcar.

Deixe ferver bastante tempo até o leite ficar amarelado.

Entretanto parta o pão em fatias com a grossura de um dedo (1,5 a 2 cm) e disponha-as em camadas num recipiente fundo.

Cacete de Rabanadas (fonte da imagem: Farinha Amparo)
Cacete de Rabanadas cortado em fatias grossas (fonte da imagem: Farinha Amparo)

Depois de o leite estar pronto, deite-o sobre o pão até cobrir todas as fatias e tape o recipiente. Se para cobrir o pão for necessário acrescentar mais leite, prepare mais um pouco no tacho, temperando-o também com casca de limão, pau de canela e açúcar, e fervendo-o bem antes de o acrescentar ao recipiente onde está o pão.

Bata 6 ovos inteiros num prato de sopa.

Coloque uma sertã a aquecer em lume médio, com um pouco de óleo e azeite no fundo (o azeite ajuda a que o óleo não queime tanto).

Dica úteis antes de fritar as Rabanadas:

  • Como as fatias de cima estão menos embebidas em leite, pode colocá-las de lado para depois as voltar a mergulhar no leite que ficar no fundo de recipiente e fritá-las em último lugar;
  • No caso de fatias que estejam muito encharcadas em leite, pegue nelas (com as mãos) e deixe escorrer o leite ou ponha-as uns minutos sobre as fatias que estão menos molhadas. Assim as fatias não se irão desfazer tanto nem irão largar tanto leite na sertã.

Para fritar as Rabanadas, pegue numa fatia de pão com as mãos, passe os dois lados pelo ovo e coloque-a com cuidado na sertã. Quando tiver ganho uma cor dourada de um lado, vire-a. Faça este processo com todas as fatias.

Entretanto polvilhe o prato onde irá servir as rabanadas com uma mistura de açúcar e canela em pó.

Após dourar dos dois lados, retire cada Rabanada com uma espátula, deixando escorrer o óleo – para isso, encoste a Rabanada à parede interior da sertã durante alguns segundos.

Depois, coloque as Rabanadas diretamente no prato.

Rabanada tradicional após fritar dos dois lados
Rabanada após dourar dos dois lados

Sobre cada Rabanada que estiver pronta, polvilhe com a mistura de açúcar e canela em pó.

Depois é só desfrutar destas Rabanadas, que ficam deliciosas estejam quentes ou frias!

Rabanadas, uma sobremesa do Natal, já no prato previamente polvilhado com açúcar e canela em pó, prontas a servir
Rabanadas no prato previamente polvilhado com açúcar e canela em pó, prontas a servir

Se já experimentou esta receita, diga-nos nos comentários como ficou, vamos adorar saber!

Faça outras sobremesas deliciosas:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.