Comer em Tomar: um guia com a melhor gastronomia

Tomar é sem dúvida um dos locais por excelência em Portugal para uma escapadinha. Possui património histórico único, tradições antigas, espaços verdes e um belo centro histórico. Para além do roteiro completo para visitar Tomar que publicámos anteriormente, pareceu-nos também importante mostrar aos nossos leitores o que se pode provar por estas paragens. Neste artigo, fique a conhecer tudo o que pode comer em Tomar e onde o fazer.

Na segunda escapadinha que fizemos juntos a Tomar havia muita coisa que queríamos experimentar, por isso demos especial atenção a alguns dos seus melhores restaurantes. Dedicamos assim este artigo a todos aqueles que procuram o que de melhor se pode comer em Tomar, desde a cozinha internacional a recriações da era medieval, e não esquecendo os doces típicos, como as tradicionais Fatias de Tomar.

Gastronomia de Tomar - Fatias de Tomar
Fatias de Tomar, uma das principais especialidades da cidade

O que comer em Tomar?

São várias as iguarias características da região de Tomar. As mais típicas são as Couves à D. Prior, as Morcelas de arroz (servidas tradicionalmente com grelos), o Coelho na abóbora e a Feijoada de caracóis. Há também bons pratos tradicionais portugueses, como o bacalhau, a dobrada, a cabidela e o cabrito. No cabrito damos como exemplo o Cabrito Assado com Arroz de Forno.

Mas há mais na gastronomia típica de Tomar. Da proximidade ao rio Nabão, ganham tradição os pratos que tiram partido da qualidade da lampreia e do sável. Em época própria – fevereiro e março -, os apreciadores encontram aqui o paraíso para um bom Arroz de lampreia.

Comer em Tomar - Cabrito Restaurante Lúria
Cabrito do Restaurante A Lúria

Nos arredores de Tomar podemos encontrar a Mexida (papas de farinha de milho com petingas assadas) na Pedreira, o Bucho na Junceira e o Requentado de feijão com couves e migas em Carregueiros.

Já na doçaria de Tomar, tal como em muita da doçaria nacional, as gemas de ovos são as rainhas. O doce mais tradicional são as Fatias de Tomar, feitas com gemas de ovos batidas e açúcar, cozidas em banho maria em panelas especiais, produzidas pelos melhores artesãos locais.

Nas várias confeitarias de Tomar há também muitos outros doces para provar, de destacar as Castanhas Doces, Estrelas de Tomar, Bolos de Cama, Queijadas de Chila, Queijadas de Amêndoa, Pudim de Queijo fresco e aqueles que são os nossos favoritos, os Beija-me Depressa.

Onde comer em Tomar? Um guia dos melhores restaurantes

Aqui ficam as nossas escolhas de restaurantes a experimentar em Tomar e aos quais recomendamos uma visita. Desde os mais baratos aos mais caros, com ou sem esplanada, são várias as opções à disposição.

Restaurante Praça

No Restaurante Praça, do Hotel República, saboreámos um jantar muito especial, preparado pelo Chef João Pedro Freitas, rico em sabores, cores e texturas. Esta foi talvez uma das refeições que mais nos surpreendeu e que entrou para o top das nossas experiências gastronómicas em Tomar.

Restaurante Praça, no Hotel República Tomar
O Restaurante Praça fica no Hotel República, no centro histórico de Tomar

Uma refeição que fugiu ao que normalmente procuramos quando viajamos por Portugal, pois ao invés da cozinha tradicional portuguesa encontrámos uma cozinha com alguns clássicos internacionais assentes na qualidade dos ingredientes e na confeção cuidada.

Começámos a refeição com um ceviche que nos recordou a nossa viagem ao Peru, e continuámos com um filete de dourada no ponto certo acompanhado por uma polenta que se derretia na boca. Para terminar, adoçámos a boca com um Fondant de chocolate com gelado. Uma ótima sugestão para uma refeição diferente.

Taverna Antiqua

Num ambiente singular, bem no centro histórico de Tomar, encontrámos na Taverna Antiqua uma experiência diferente que procura recriar, quer no ambiente quer no prato, uma viagem à época medieval. E que melhor cidade para desfrutar de uma refeição que nos faz viajar no tempo do que a cidade dos Templários?

O espaço lembra uma taberna medieval onde a música marca o ritmo para uma noite animada. Os comensais distribuem-se pelas várias mesas corridas de madeira e consomem, à luz das velas, os vários petiscos, entre os quais se podem encontrar umas curiosas pernas de rã, sempre bem regados com vinho da região.

Gastronomia Tomar - Restaurante Taverna Antiqua
O ambiente medieval da Taverna Antiqua

Saltámos as entradas e desfrutámos de um banquete real, uma opção do menu que permite provar algumas das melhores iguarias disponíveis, dispostas num tabuleiro de dois andares.

Provámos a empada de caça, o pernil de porco com castanhas, a codorniz, o bacalhau à mercador e a carne de vaca com molho de bruxa. Para acompanhamento tínhamos polenta frita, couscous, pickles caseiros, migas, cevada. O pernil é uma coisa do outro mundo e ficou bem gravado na nossa memória gustativa.

Um verdadeiro banquete com um excelente atendimento do David, que fez questão de nos explicar o conceito da Taverna e o processo de recolha de receitas que deu origem a tão afamado menu.

Restaurante A Lúria

O restaurante A Lúria é um dos mais recomendados em Tomar, sempre que pedimos sugestões. Vale a pena uma visita, principalmente se procura um local para comer lampreia (na época) ou sável. Mas tem também outras iguarias à disposição.

Tínhamos visitado este restaurante numa viagem anterior a Tomar. Gostámos da refeição, apesar de não terem disponível o famoso magusto de carnes que queríamos experimentar. Optámos pelas cilercas (cogumelos selvagens), um cabrito que estava muito bem confecionado e rematámos com uma tarte de amêndoa. Ficámos com vontade de voltar um dia, quem sabe com mais sorte, para provar outras iguarias.

Restaurante A Lúria, Tomar - Cilercas
Cilercas no Restaurante A Lúria

Restaurante Bela Vista

O restaurante Bela Vista, bem no centro de Tomar, tal como nome indica tem uma vista deslumbrante sobre o rio Nabão, a Ponte romana e o Jardim do Mouchão. Para aproveitar a vista, recomendamos que tente conseguir uma mesa no exterior.

É um restaurante de comida tradicional e preço justo, onde nos haviam recomendado provar cabrito assado. Foi a nossa escolha para almoçar no nosso último dia em Tomar. Infelizmente, fruto do pouco movimento causado pela pandemia de Covid-19, não havia cabrito e a nossa escolha recaiu num arroz de polvo. O primeiro arroz de polvo que nos saltou para a mesa vinha muito salgado, mas quando alertámos para tal, foi rapidamente substituído por outro. Pareceu-nos uma boa opção de restaurante para quem está a passear por Tomar.

Arroz de polvo do Restaurante Bela Vista, Tomar
Arroz de polvo do restaurante Bela Vista

Restaurante Chico Elias

O restaurante Chico Elias é rico em comida tradicional e uma longa história, como se pode ver pelos inúmeros recortes de jornais que decoram a sala de jantar. Uma sala com aspeto rústico que nos faz lembrar a comida dos nossos avós.

Curiosamente, este restaurante parece mais conhecido dos forasteiros do que dos Tomarenses a quem pedimos recomendações. As nossas expectativas eram altas pois, percorrendo a internet, conhecido pela sua cozinha em forno de lenha, este restaurante aparece sempre como referência para comer pratos típicos e difíceis de encontrar, como o Coelho na abóbora, as Couves à D. Prior ou a Feijoada de caracóis.

Reservámos mesa com pouca antecedência, pelo que ficámos limitados à oferta existente. Para começar, como já não havia morcela de arroz, optámos por umas petingas no forno. Um prato interessante e bastante avinagrado, em que as petingas vão ao forno cobertas de farinha de milho e cebola.

Seguiu-se como única opção a Cacholeira: carne de porco aos cubos acompanhada por couve, broa desfeita e batata frita. Um prato que nos desiludiu pela falta de sabor da carne. Salvou a refeição um excelente leite creme com uma crosta de partir à colher e o bom atendimento. Achámos o preço excessivo (cerca de 30€/pessoa) para a qualidade apresentada. Como este é um dos restaurantes mais recomendados de Tomar, acreditamos que poderiam não estar num dia particularmente feliz. Voltaremos quem sabe um dia para provar o famoso Coelho na abóbora, na época dela.

Leite creme no Restaurante Chico Elias - Gastronomia de Tomar
Leite creme no ponto, no restaurante Chico Elias

Outras sugestões para comer em Tomar

Deixamos algumas sugestões adicionais de restaurantes que não tivemos oportunidade de experimentar, mas que nos recomendaram:

Onde comer doces em Tomar? As melhores pastelarias e cafés

Quem gosta de comer como nós, não pode deixar de visitar uma (ou várias) das confeitarias da cidade que são exímias na produção dos mais variados doces. Há também alguns cafés a experimentar e aos quais recomendamos uma visita.

Pastelaria Estrelas de Tomar

Esta é talvez a pastelaria mais conhecida de Tomar. Fica nas margens do rio Nabão, mesmo junto à ponte romana. Aqui não faltam doces e de excelente qualidade: ele há Bolos de Cama, Estrelas de Tomar, Fatias de Tomar, Maminhas de sogra, Queijinhos Doces e os nossos favoritos, os Beija-me Depressa.

Fundada na década de 60, ainda hoje mantém a decoração que nos transporta no tempo. Adoramos os azulejos verdes da confeitaria, quase tanto como os doces. Este local tem sido sempre uma paragem obrigatória quando vamos a Tomar. Quanto à escolha dos doces a provar, na dúvida o melhor é pedir um de cada…

Doces de Tomar - Pastelaria Estrelas de Tomar
Algumas das especialidades disponíveis na pastelaria Estrelas de Tomar

Café Paraíso

Na rua de Serpa Pinto há um café histórico a que vale a pena ir, o Café Paraíso. Um café à antiga, daqueles que inspiram tertúlias e troca de ideias.

O café centenário é propriedade da mesma família há várias gerações e nele respira-se história através do mobiliário e dos objetos expostos. Ainda hoje este café mantém a arquitetura elegante e alguns detalhes interessantes, como as ventoinhas de teto, os espelhos importados de Veneza e o mobiliário com origem na Alemanha.

E já que aqui está aproveite para se refrescar e experimentar a bebida tradicional de Tomar. Chama-se o “Segredo do Vigário” – anteriormente conhecida como “Mouchão” – e foi criada por Francisco Vigário na década de 70. Ainda hoje a sua familia mantém a produção, usando a receita secreta deixada pelo patriarca. Avisaram-nos que por vezes é difícil de encontrar e de facto ainda não foi nesta visita que a conseguimos experimentar.

Café Paraíso - histórico café do centro de Tomar
Interior do centenário Café Paraíso

Outras pastelarias e cafés em Tomar

Mas há muito mais para experimentar em Tomar. Deixamos aqui uma lista alternativa de algumas das melhores confeitarias da cidade e ainda as suas especialidades, para ajudar na hora de escolher o que provar – recomendações estas feitas no âmbito da iniciativa “De Tomar e dos Conventos”.

  • Legenda Medieval – Beijinhos de Tomar, Cornucópias, Fatias de Tomar e Primorosas
  • Açúcar ao Quadrado – Broinhas de Café, Broas dos Santos, Cornucópias, Coscorões, Pastéis de Abóbora e Tigelada
  • Pimpinela do Nabão – Bolos de Cama, Castanhas de Ovos, Cornucópias, Delícias de Amêndoa, Fatias de Tomar, Miminhos de Noz, Nabantinos, Queijadas de Chila, Pimpinelas, Rosas de Tomar e Tigeladas
  • Pastelaria Templária – Beijinhos , Espadas de Dom Gualdim e Templários
  • Tomar Tropical – Beijinhos de Tomar, Normandinos, Castanhas de Ovos, Fatias de Tomar, Queijadas de Tomar e Tigeladas

Um outro local que ficámos com pena de não ir experimentar foi o Insensato Café-Livraria, um espaço que junta duas coisas que adoramos: comida e livros. Pelo que temos lido vale a pena uma visita, quem sabe até para saborear o nosso último livro colaborativo #Eu Fico em Portugal.

Eventos Gastronómicos em Tomar

O Município de Tomar organiza anualmente um conjunto de eventos gastronómicos que asseguram um roteiro em torno dos pratos típicos da região e que mostram tudo aquilo que se pode comer em Tomar. Desta vez não conseguimos apanhar nenhum, mas durante a sua visita vale a pena verificar o site do Município e ver o que está a acontecer na cidade. A adivinhar a vontade da minha cara metade e companheira de escrita, voltaremos seguramente um dia destes para a iniciativa dos doces conventuais.

Beija-me depressa, especialidade da Pastelaria estrelas de Tomar
Beija-me Depressa, uma especialidade doce para os mais românticos

Deixamos aqui uma lista dos principais eventos gastronómicos de Tomar:

  • Entre fevereiro e março, nos restaurantes aderentes há a Mostra da Lampreia;
  • Na primavera, em abril, é a vez de inúmeras pastelarias apresentarem os seus doces na iniciativa De Tomar e dos Conventos;
  • Em maio, acontece o já reputadíssimo Congresso da Sopa, no Parque do Mouchão;
  • E em outubro, tem lugar o Feijão com Todos, uma iniciativa à volta do feijão e no qual se pode provar uma grande variedade de pratos.

Se gostou das nossas sugestões, partilhe este artigo. Caso tenha sugestões gastronómicas adicionais, pode sempre deixar um comentário ou enviar-nos uma mensagem.

Resta-nos desejar-lhe um

Kit do Viajante

Selecionámos um conjunto de serviços que usamos no nosso dia a dia e que poderão ajudar a organizar a sua viagem. Ao adquirir serviços através das ligações abaixo, não terá qualquer custo adicional e estará a ajudar o Explorandar a crescer. O nosso muito obrigado!

  • Adquira os seus voos no SkyScanner. É um dos motores de pesquisa mais completos que conhecemos.
  • Encontre os melhores preços de alojamento no Booking.
  • O seguro de viagem é essencial para qualquer viajante. A Iati Seguros tem opções para vários tipos de viagem e ao reservar através deste link tem 5% de desconto.
  • Sempre que precisamos de alugar carro comparamos preços no Rentalcars e no Auto Europe.
  • A maior oferta de guias e livros de viagem em Português está na Wook. Para livros em inglês e sem portes recomendamos o Book Depository.

Esta página pode conter links de afiliados.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.